Uma ferramenta, um aplicativo, e também um coletivo

Proteja amazônia é tudo isso, mas principalmente um chamado

Proteja Amazônia

Proteja Amazônia é uma ação coletiva. Desde 2015, desenvolvemos junto às comunidades indígenas, ribeirinhas e assentados da reforma agrária ações de formação, diagnóstico de impactos socioambientais, denúncias sobre violações e vigilância territorial na região do baixo e médio rio Teles Pires, situado na bacia do Tapajós, entre os Estados do Pará e Mato Grosso. Essas ações articuladas junto ao Fórum Teles Pires geraram dossiês, estudos sobre as violações socioambientais, estratégias de responsabilização sobre as violações e narrativas que amplificam as vozes das comunidades.

Com o passar do tempo, sentimos a necessidade de organizar o conjunto dessas ações e metodologias coletivas e assim surge a proposta da Proteja Amazônia. Buscamos aliar comunicação, com advocacia popular e ações de proteção territorial para o fortalecimento de comunidades e territórios impactados por projetos de infraestrutura e que lutam pelo direito à terra. Nossa proposta baseia-se em três pilares: cultura digital, direitos humanos e justiça socioambiental.

Desafio

O desenvolvimento proposto para a Amazônia é marcado pela imposição de um modelo que historicamente é responsável pelo genocídio de populações indígenas, pela dilapidação irracional de recursos naturais, pelo não-desenvolvimento regional, pelo desmatamento e o agravamento das mudanças climáticas e desrespeito aos territórios de Povos e Comunidades Tradicionais. Na raiz deste caos socioambiental está a cooptação do poder político pelo poder econômico que intensifica a ocupação desordenada do território amazônico pelo avanço da fronteira agrícola, pela grilagem e pelos grandes projetos de infraestrutura.

Visão

Atuamos para fortalecer Povos e Comunidades Tradicionais no monitoramento e proteção de seus territórios impactados por grandes empreendimentos de infraestrutura e que lutam pelo direito à terra. Nossa metodologia está baseada na construção coletiva a partir dos grupos afetados, movimentos e instituições socioambientais que estão trabalhando diretamente nos territórios e fazendo conexão com o trabalho de responsabilização no nível nacional. Feita de forma colaborativa, sem se prender à fórmulas prontas e buscando o envolvimento direto das populações afetadas, nosso trabalho é desenvolvido moldando-se ao contexto, tornando-se uma plataforma dinâmica, buscando entender as particularidades de cada realidade. Nossa perspectiva é expandir gradualmente nossa atuação em outros biomas, povos e comunidades, interagindo com atores que já trabalham nessas regiões.

Ações

União e interconexão profunda entre tecnologia social e cultura digital. Trabalhamos no território, de forma coletiva, construindo soluções junto aos povos atingidos, articulando-se em rede com movimentos sociais, organizações locais e povos e comunidades tradicionais. Juntos criamos um ambiente seguro para denúncias. Levantamos diagnósticos locais dos principais impactos, a fim de construir denúncias consistentes e satisfatórias aos anseios das comunidades atingidas. Por outro lado, ampliamos as vozes destas minorias utilizando nossa plataforma para produzir relatórios concretos e reais, que levam suas denúncias para coletivos comunicadores e grande mídia e ressoam em relatórios técnicos disponibilizados à tomadores de decisão para responsabilização. Criamos uma via de mão dupla, de baixo custo, coletando informações dos territórios, produzindo relatórios técnicos-político-midiático, articulando redes locais, nacionais e internacionais para a responsabilização das violações.

Copyright © 2019-2020

Proteja Amazônia

 

HOME

Quem somos

Objetivo

Ação

NOSSA ATUAÇÃO

Projeto

Desafio

Visão

Ações

PUBLICAÇÕES

Revista Proteja Amazônia

Revista Fórum Teles Pires 

ECOSSISTEMA

CONECTE-SE

Assine a newsletter

Contato