A mando de garimpeiros, sede da Associação das Mulheres Munduruku é depredada

mar 25, 20210 Comentários

A mando de garimpeiros, sede da Associação das Mulheres Munduruku é depredada

Associação das Mulheres Munduruku Wakoborũn – Jacareacanga – PA

Em mais um capítulo da escalada de tensões provocadas pelo garimpo ilegal no sudoeste do Pará, a Associação das Mulheres Munduruku Wakoborũn, situada na cidade de Jacareacanga, foi vandalizada a mando de garimpeiros que atuam na região.

O momento delicado é alvo de preocupação há meses, como temos reportado em nossas redes sociais. Os primeiros alertas dos indígenas e do MPF foram divulgados em 2012. Nos últimos anos o problema piorou, e o MPF expediu recomendação em 2017, e ajuizou ação em 2018. A ação provocou a realização de operação, mas, apesar de recomendação do MPF, o combate não continuou. Na última semana, o MPF solicitou o envio de tropas federais em caráter de urgência, e abriu investigação para apurar improbidade dos órgãos responsáveis pela fiscalização de crimes na região.

Em comunicado, a Associação das Mulheres Munduruku Wakoborũn relata que essa tragédia foi anunciada diversas vezes pelos defensores do garimpo. Denúncias foram feitas para resguardar a integridade física das mulheres Munduruku, mas o poder público local não tomou nenhuma providência nesse sentido.

“Estamos gritando há dias, pedindo para que as forças policiais ajam sobre esse grupo de criminosos que querem devastar nosso território e que ameaçam a nossa própria vida e integridade”, diz o comunicado.

Nós, da Proteja Amazônia, nos solidarizamos com as mulheres da Associação das Mulheres Munduruku Wakoborũn.

Confira a matéria exibida no Jornal Nacional no dia 22/03

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019-2020

Proteja Amazônia

 

HOME

Quem somos

Objetivo

Ação

NOSSA ATUAÇÃO

Projeto

Desafio

Visão

Ações

PUBLICAÇÕES

Revista Proteja Amazônia

Revista Fórum Teles Pires 

ECOSSISTEMA

CONECTE-SE

Assine a newsletter

Contato